Mensagens de Otimismo

Podemos construir um mundo melhor!

Arquivo para o mês “abril, 2015”

A verdadeira propriedade…

garden

O homem só possui em plena propriedade aquilo que lhe é dado levar deste mundo. Do que encontra ao chegar e deixa ao partir goza ele enquanto aqui permanece. Forçado, porém, que é abandonar tudo isso, não tem das suas riquezas a posse real, mas, simplesmente, o usufruto. Que é então o que ele possui? Nada do que é de uso do corpo; tudo o que é de uso da alma: a inteligência, os conhecimentos, as qualidades morais. Isso o que ele traz e leva consigo, o que ninguém lhe pode arrebatar, o que lhe será de muito mais utilidade no outro mundo do que neste. Depende dele ser mais rico ao partir do que ao chegar, visto como, do que tiver adquirido em bem, resultará a sua posição futura. Quando alguém vai a um país distante, constitui sua bagagem de objetos utilizáveis nesse país; não se preocupa com os que ali lhe seriam inúteis. Procedei do mesmo modo com relação à vida futura: aprovisionai-vos de tudo o de que lá vos possais servir.

Ao viajante que chega a um albergue, bom alojamento é dado, se o pode pagar. A outro, de parcos recursos, toca um menos agradável. Quanto ao que nada tenha de seu, vai dormir numa enxerga. O mesmo sucede ao homem, à sua chegada no mundo dos Espíritos: depende dos seus haveres o lugar para onde vá. Não será, todavia, com o seu ouro que ele o pagará. Ninguém lhe perguntará: Quanto tinhas na Terra? Que posição ocupavas? Eras príncipe ou operário? Perguntar-lhe-ão: Que trazes contigo? Não se lhe avaliarão os bens, nem os títulos, mas a soma das virtudes que posssuas. Ora, sob esse aspecto, pode o operário ser mais rico do que o príncipe. Em vão alegará que antes de partir da Terra pagou a peso de ouro a sua entrada no outro mundo. Responder-lhe-ão: Os lugares aqui não se compram: conquistam-se por meio da prática do bem. És rico dessas qualidades? Sê bem-vindo e vai para um dos lugares da primeira categoria, onde te esperam todas as venturas, És pobre delas? Vai para um dos da última, onde serás tratado de acordo com os teus haveres – Pascal. (Genebra, 1860)

O Evangelho seg. O Espiritismo – cap. XVI, pág. 293 (Não se pode servir a Deus e a Mamon)

Anúncios

Mudanças

mudanças

Mudanças de vida, na maioria das vezes, são de difícil assimilação; nossa personalidade repentinamente se vê “empurrada” para viver o impensável. A emergência e a rapidez desses tipos de dinâmica costumam dificultar o acesso imediato aos recursos naturais que nos garantem sobrevivência de modo equilibrado, afinal, adaptar-se ao novo sempre exige tempo para processar. Por outro lado, abre-se oportunidade para se pôr em ação habilidades nunca antes acordadas. 

Dificuldades em superar as mudanças podem acontecer com qualquer pessoa, em qualquer época da vida. Isso é plenamente humano e às vezes, dependendo da situação, transcender estes momentos, não é nada fácil. Se, porém, os dias vão passando e mesmo com todo esforço, a tristeza e a saudade tomam conta, se este cinza fica dentro de modo insuportável, é hora de buscar ajuda externa. Um processo terapêutico de auxílio sempre é bem-vindo e pode ajudar a transformar para muito melhor a percepção de tudo o que envolve a mudança. Desde fatores emocionais que não estão claros e que podem ser totalmente resolvidos, como ansiedade frente ao presente e ao futuro.

Estamos constantemente mudando em alguma coisa. Não deixa de ser uma alteração, acionada pela própria natureza. Compete a nós examinar detidamente em que estamos mudando; a observação deve ser acompanhada do bom senso, reajustando cada vez mais os sentimentos na educação e na disciplina.

E ai, você tem medo de se adaptar ao novo? Tem dificuldade com relação a mudanças, seja ela de que tipo for? Está preparado@ para enfrentar o desconhecido?

 mudanças-001

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: