Mensagens de Otimismo

Podemos construir um mundo melhor!

Arquivo para a tag “Paciência”

ACORDEMOS…

Serenas_Paisagens_Scott_Kroeker_09É sempre fácil examinar as consciências alheias, identificar os erros do próximo, opinar em questões que não nos dizem respeito, indicar as fraquezas dos semelhantes, educar os filhos dos vizinhos, reprovar as deficiências dos companheiros, corrigir os defeitos dos outros, aconselhar o caminho reto a quem passa, receitar paciência a quem sofre e retificar as más qualidades de quem segue conosco…

***

Mas enquanto nos distraímos, em tais incursões a distância de nós mesmos, não passamos de aprendizes que fogem, levianos, à verdade e à lição.

***

Enquanto nos ausentamos do estudo de nossas próprias necessidades, olvidando a aplicação dos princípios superiores que abraçamos na fé viva, somos simplesmente cegos do mundo interior relegados à treva…

***

Despertemos, a nós mesmos, acordemos nossas energias mais profundas para que o ensinamento do Cristo não seja para nós uma benção que passa, sem proveito à nossa vida, porque o infortúnio maior de todos, para a nossa alma eterna, é aquele que nos infelicita quando a graça do alto passa por nós em vão!…

 

– Chico Xavier, pelo espírito André Luiz – do livro Caridade

Paciência

Paciencia
“A diferença entre aceitar de verdade e sufocar a vontade ou opinião em favor de outro, é que a primeira não altera o seu sistema nervoso e a segunda martela a mente e o faz adoecer. Ceder ou aceitar contrariado, não é aceitação. A maioria não consegue estabelecer o caminho interno para aceitar algo que contraria a sua vontade, sem ficar nervoso ou alterado. A escolha, portanto, deve partir da consciência que já reconhece o prejuízo em sua saúde. Às vezes, é melhor renunciar a um ponto de vista, porém, se estiver engolindo sapos, melhor partir para a luta. Mas, você pode fazer isso de caso pensado, calculado ou estratégico, visando o menor desgaste possível do seu sistema nervoso. Tal postura requer, muitas vezes, um pouco de paciência para observar a situação, ouvir pessoas mais experientes e, enfim, munido com argumentos resolutivos e ações definitivas, enfrentar a situação. O tempo de observação e silêncio poderá ser compreendido como indiferença, omissão e até covardia. Não importa o que digam de você. Importa que ao dar, finalmente, uma resposta, ela não ofereça mais nenhuma argumentação contraria, dissolvendo a questão de uma vez por todas. Sempre vale a pena refrear os impulsos que martelam o seu sistema nervoso e usar o tempo de silêncio para estudar as melhores estratégias, ouvindo especialistas. A paciência é uma árvore de raiz amarga, porém, os seus frutos são doces, como diz o velho provérbio persa.” – Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon

 

Texto da HUMI

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: